De acordo com relatório da Sesa, desta terça-feira (6), nova morte foi registrada em Foz do Iguaçu, que já tinha outros dois óbitos confirmados; estado chegou a 7.747 casos da doença.

Um novo boletim, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta terça-feira (6), confirmou a 15ª morte por dengue no Paraná, desde agosto de 2020.

Segundo a Sesa, além da nova morte, na comparação com os dados do boletim da semana anterior, foram registrados mais 1.407 casos da doença, e o total no estado chegou a 7.747 diagnósticos.

O relatório da secretaria aponta 48.737 notificações para dengue, em 352 municípios paranaenses. Conforme a Sesa, 9.887 casos estão em investigação.

15 mortes no estado

A nova morte pela doença confirmada no boletim desta semana, conforme a secretaria, foi de uma pacientes jovem, de 22 anos, que morava em Foz do Iguaçu e não tinha histórico de comorbidades.

A cidade já havia registrado outras duas mortes por dengue, em boletins anteriores. Ao todo, até esta terça-feira, nove cidades do Paraná tiveram óbitos confirmados.

Total de óbitos por cidade no período:

  • Londrina: 4 mortes;
  • Foz do Iguaçu: 3 mortes;
  • Paranaguá: 2 mortes cada;
  • Apucarana, Paraíso do Norte, Santo Antônio do Caiuá, Maringá, Assaí, Cambé: 1 morte cada.

Casos confirmados

Ainda de acordo com a Sesa, há casos confirmados em 239, dos 399 municípios do Paraná. Londrina, no norte, é o município com mais confirmações: foram 1.251 diagnósticos da doença.

Em 200 cidades, houve confirmação de casos autóctones – quando o paciente contrai a doença no município onde mora. No total, o estado registrou 6.731 casos autóctones.

Municípios com mais casos confirmados no estado:

  1. Londrina: 1.251;
  2. Sengés: 1.143;
  3. Paranaguá: 1.027;
  4. Campina da Lagoa: 380;
  5. Serranópolis do Iguaçu: 356;
  6. Ubiratã: 305;
  7. Foz do Iguaçu: 262;
  8. Santa Helena: 212;
  9. Rolândia: 169;
  10. Kaloré: 154.

Zika e Chikungunya

O Paraná possui 168 notificações para Chikungunya, com 21 casos confirmados. De acordo com a Sesa, 19 deles são casos autóctones e dois casos são importados de outro estado.

Um caso autóctone de Zika vírus já havia sido confirmado no estado, que possui 50 notificações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui