A retirada do corpo de um homem encontrado em óbito dentro de carreta em Califórnia causou transtornos nesta quarta.

Segundo relatos, Nilson Aparecido Ferreira, 58 anos teria estacionado para pernoite na avenida Ponta Grossa em Califórnia por volta das 23h desta terça (07). Por volta das 4h30 um comerciante local observou que o veículo encontrava-se estacionado no local, posteriormente em torno de 9h populares estranharam que o veículo ainda encontrava-se estacionando e pode-se observar o corpo imóvel sobre o volante.

O motorista enviou mensagem dizendo que iria dormir em Califórnia por volta das 23h:

A Polícia Militar, a PRF e o Serviço de Saúde local foram acionados e foi observado o óbito.

A Polícia Militar seguiu seu protocolo de isolar o local e acionar o Instituto Médico Legal, logo após tomar conhecimento, e este por sua vez chegando no local recusou-se a retirar o corpo alegando que o Serviço de Saúde deveria fazer o boletim de ocorrência.

A lei diz que em caso de morte em via pública, a Polícia Militar deve comunicar o IML, (como o fez) e este por sua vez deve executar a devida retirada e encaminhamento do corpo.

Só por volta das 13h30 desta quarta (08) a viatura do IML retornou ao local e fez a retirada do corpo, muitas horas após a hora que se acredita que tenha ocorrido o óbito. Segundo relatos aparentemente teria sido infarto.

O funcionário do IML que atendeu a ocorrência não quis se pronunciar sobre o evento.

Familiares da vítima vindos de Ivaiporã estiveram no local para acompanhamento dos trâmites legais.

Segundo a proprietária da empresa em que a vítima trabalhava, não havia relatos de problemas de saúde pré-existentes, e era um funcionário responsável.

Fotos: Mauricio Martins – Colaboração: Claudiney Cassins

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui