Foto: João Souza

O governo federal lançou um site para facilitar a devolução do auxílio emergencial de R$ 600 por quem recebeu o dinheiro, mas não tinha direito ao benefício.

Segundo o Ministério da Cidadania, o interessado deverá acessar o site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br e inserir o CPF cadastrado no auxílio. O sistema vai gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU), que poderá ser paga no Banco do Brasil.

O Ministério da Defesa confirmou que 73,2 mil militares receberam o auxílio emergencial. A Defesa informou ainda que analisará caso a caso para ver quem recebeu de forma indevida.

Também na última semana, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou o desconto do valor recebido no próximo pagamento feito a esses militares. A lista pode incluir militares ativos, inativos, de carreira, temporários, pensionistas, dependentes e anistiados.

Servidores públicos e demais cidadãos de diversos setores também receberam o auxílio de forma indevida, em muitos casos, após inscrição voluntária no programa.

Segundo a lei, um dos critérios para receber o auxílio é que a pessoal tenha renda familiar mensal per capita de até 1/2 (meio) salário-mínimo ou a renda familiar MENSAL TOTAL seja de até 3 (três) salários mínimos.

Com informações do Ministério da Cidadania

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui