Imagem: Agência PRF

O transporte rodoviário de cargas no Brasil é um segmento fundamental para a movimentação da economia e, no atual momento de saúde mundial, os caminhoneiros também são peças-chave na logística de distribuição de medicamentos e vacinas pelo país. Com poucos estabelecimentos funcionando durante a quarentena imposta pela prevenção à disseminação do Coronavírus, os motoristas de caminhão têm dificuldades em encontrar pontos de apoio para garantir as necessidades básicas de alimentação e higiene.

A Policia Rodoviária Federal (PRF) já atua no apoio à distribuição de produtos de higiene e alimentação aos caminhoneiros, e percebendo que esta ação mobilizou diversas pessoas que se interessaram em aderir à campanha de ajuda aos motoristas de caminhão, a PRF lançou a campanha: Siga em frente, Caminhoneiro.

Para fazer essa ajuda chegar aos caminhoneiros, a PRF convida a todos os interessados em participar, sejam empresas, entidades e população, para que doem alimentos, marmitas, kits higiene e outros materiais necessários aos motoristas de caminhão. As doações deverão ser entregues diretamente nas unidades da PRF (postos) a partir do sábado, dia 28 de março, entre 9 e 13 horas. Todas as arrecadações serão distribuídas em todo o Brasil por cerca de mil voluntários.

Cada ponto de apoio contará com três voluntários, devidamente uniformizados e identificados, para o trabalho de recebimento das doações, organização dos materiais e alimentos e a entrega direta aos caminhoneiros no formato drive thru. Desse modo, a mobilização desses voluntários garante os métodos de prevenção da disseminação da COVID-19.

Considerada a “Rainha dos Caminhoneiros”, a cantora Sula Miranda também aderiu à iniciativa e fez uma transmissão ao vivo, nesta sexta-feira (27), nas suas redes sociais, com a participação do coordenador-geral de comunicação da PRF, Anderson Poddis. Para a cantora, a campanha “Siga em Frente, Caminhoneiro” pode fazer uma grande diferença para minimizar os impactos da atual crise mundial de saúde em nosso país.

(Agência PRF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui