Imagem: WhatsApp

Na tarde desta segunda-feira (23) as reclamações vieram dos moradores que estão na saída para a Varginha.

Uma queimada por volta das 15h, incomodou a vizinhança e trouxe transtornos a moradores. Imagens e vídeos chegaram até a nossa redação.

Um morador, com um bebê de quatro meses, precisou sair de casa devido a quantidade de fumaça que invadiu a sua moradia.

Todos estão obrigados a ficar em suas casas em função do coronavírus, porém, alguns não consideram que, ao colocar fogo no quintal ou terreno baldio, afeta diretamente o moradores que já estão isolados em suas residências.

Um morador, com um bebê de quatro meses, precisou sair de casa devido a quantidade de fumaça. Imagem: WhatsApp

Na área central, também na tarde desta segunda(23), moradores precisaram fechar as janelas por causa de fumaça de queimada.

Resta apelar para o bom senso. Mas, será que existe? Será que é lembrado que o direito de um termina onde começa o do outro?

Fica o apelo para que a população não coloque fogo em lixo, mato, terreno baldio ou qualquer outra localidade. Além de ser crime e passível de multa, prejudica os idosos, crianças pequenas, pessoas enfermas, alérgicos com problemas respiratórios e aumenta a tensão daqueles que já estão em isolamento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui