Imagem: Pixabay

Ao compararmos os casos, dia a dia, descobrimos que o Brasil avança de forma acelerada no aumento dos deles.

Os brasileiros não estão levando muito a sério a questão do isolamento. E muitas pessoas, inclusive aquelas que estão classificadas como de maior risco, continuam andando pelas ruas e frequentando lugares onde há grande circulação de pessoas.

Portanto, resolvemos trazer um comparativo de avanço entre Brasil e Itália na evolução do casos, lembrando que somente hoje (20), na Itália, foram registradas 627 mortes, chegando a 4.032 no total.

Abaixo você verá a evolução dos casos e o comparativo entre os dois países.

Itália                                                                   

  • 1º caso – 30 de Janeiro (1º dia)
  • 1ª transmissão local – 17 de Janeiro (18º dia)
  • 224 casos – 24 de Fevereiro (25º dia)
  • 41.035 casos e 3.405 mortes – 19 de Março – (49º dia) 

Brasil

  • 1º caso – 26 de Fevereiro – (1º) dia
  • 428 casos – 18 de Março – (21º dia)
  • 621 casos – 19 de Março – (22º dia) – mais que o dobro dos casos da Itália, três dias antes.

Embora na linha temporal o Brasil esteja à frente da Itália em número de casos, a adoção de medidas preventivas para conter a expansão da epidemia acontecem aqui com maior antecedência que lá.

Porém, é necessário que o povo brasileiro faça a sua parte, caso não queira assistir ao cenário da Itália se repetindo por aqui, ou sendo muito pior.

O Ministério da Saúde deverá divulgar nas próximas horas os números de hoje, porém, sabemos que já são 8 mortos aqui no Brasil.

(Fonte: Site Veja Abril – 19/8)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui