Há 10 anos o Grupo Estância Divina realizava o primeiro show na Festa de São Francisco, em Califórnia, e dava início a sua carreira artística tocando música gaúcha com letra religiosa em festas católicas. O propósito era falar de Deus e de experiências cristãs.

O grupo paranaense iniciou as atividades profissionais em 2009 e conta com uma trajetória consolidada, levando fé e cultura sulista em todo o Brasil.

Com trajes típicos de um bom grupo gaúcho, linguagem e costumes antigos, porém atuais, passou a divulgar uma das mais lindas tradições do Brasil, a tradição gaúcha.

O grupo nasceu a partir do impulso dado pelo Papa Bento XVI na Jornada Mundial da Juventude em Sidney (2008),  onde convidava toda a igreja a ser testemunha em todo o mundo, usando diversas formas de evangelização.

Segundo o vocalista e coordenador do grupo, Maurício Martins, “o primeiro CD de um grupo que andava só fazendo bailes católicos foi o da Estância Divina. Uma responsabilidade imensa, mas também uma alegria em cumprir esse chamado”.

Ao longo da carreira foram 3 CD’s, 1 DVD e alguns singles, com participação de nomes como Madruga (Os Serranos), Walther Morais, Batista Lima (CD Cidade da Fé/JMJ), Participação nos Clipes “Bote Fé” JMJ Rio e Bote Fé Curitiba, e apresentações com Davidson Silva, Padre Reginaldo Manzotti e muitos outros artistas.

O grupo, que é composto por Californianos e Guarapuavanos, tem em sua composição Ronaldo Souza, baterista; Matheus Malaquias, guitarrista; Marcos Nascimento, baixista; Marciano Souza, vocalista e violonista; Juninho, acordeonista  e Mauricio Martins, vocalista e coordenador, e já fez participações em todas as TV’s Católicas do Brasil e shows em 11 estados do Brasil e no Paraguay.

Atualmente o grupo segue abrindo novas portas e levando alegria e descontração por onde passa, e como diz o grupo: “Ser santo de bota, de bombacha e de chapéu”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui