De acordo com o Boletim da Polícia Militar, uma denúncia chegou, via Copom, por volta das 20h43 desta quinta(12),  informando que uma mulher e uma criança de 3 anos estariam sendo agredidas em uma residência na Rua Vereador Jose Ribeiro de Souza,  no Jardim Tibagi, em Apucarana, PR.

Uma equipe policial foi até o local e foi atendida pelo morador da residência.  Pedido que este abrisse o portão para que a equipe pudesse entrar no local, pois havia denúncias de muitos gritos ouvidos pelos vizinhos, vindos do local, este se negou a abrir o portão.

O morador disse que não estaria acontecendo nada, que era apenas uma discussão e fechou a porta na cara dos policiais. Do interior da residência o agressor começou a gritar, falando palavras de baixo calão contra os policiais e dizendo que eles não tinham um mandado para entrar no imóvel.

Os policias estavam de posse de imagens enviadas pelos vizinhos onde se ouvia claramente áudios do tom da briga na residência.

Por causa da resistência, a equipe pulou a grade e adentrou no imóvel onde o agressor continuava resistente. Foi acionado o apoio de outras equipes ao local e após bastante conversa este abriu a porta.

Porém, na hora de ser abordado, o homem de 30 anos, tornou a resistir, sendo necessário o uso de spray de pimenta para contê-lo e em seguida foi algemado.

Quando já estava imobilizado o agressor afirmou que tinha duas opções, abrir a porta ou matar a vítima.

Detido,  foi encaminhado para a 17ª SDP onde negou dar os seus dados cadastrais dizendo que não era obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui